você está em: Sade Notcias

PESQUISA: dor nas costas responsvel por 13% das consultas mdicas

23/07/2012

clique para aumentar
ou diminuir o texto

Se você sofre com incômodos nas costas, talvez seja hora de se preocupar. De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a dor nas costas é a terceira causa de aposentadoria e a segunda de licença ao trabalho no Brasil. Além disso, estatísticas indicam que 13% das consultas médicas envolvem dores na coluna.

O problema é muito comum em pessoas acima de 40 anos e pode ser sintoma de hérnia de disco. “A coluna vertebral é composta de vértebras e discos intervertebrais. A hérnia de disco acontece quando estes discos, que tem a função de amortecer o impacto entre as vértebras, se rompem e comprimem as estruturas no canal vertebral, causando dor somente na coluna ou dor irradiada e formigamento para braços e pernas”, explica o osteopata Gabriel Boal, da Clínica Reacciona.

Normalmente, a hérnia é mais encontrada na o lombar e na coluna cervical porque são as regiões mais flexíveis e suportam mais cargas. Isso porque, os fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença são a postura errada, a falta de exercícios físicos, o excesso de peso e até a alimentação inadequada.

Vale lembrar que o problema ocorre com mais frequências em pessoas que exigem muito da coluna vertebral, seja no trabalho ou nas atividades diárias. A hérnia também pode ser causada por acidentes, principalmente os automobilísticos. “Ao menor sintoma de dor na coluna vertebral ou formigamento e irradiação para braços e pernas, deve-se procurar, imediatamente, um fisioterapeuta especialista em osteopatia, para melhor avaliação do problema”, alerta o osteopata Felipe Yamaguchi.

Site Terra

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460