Por Onde Anda - Jos Pinheiro Arruda

22/08/2018

clique para aumentar
ou diminuir o texto

* Texto publicado originalmente em nosso jornal Fator A, edição 41, de agosto de 2018
Edição: Raphael Ramirez

Meu nome é José Pinheiro Arruda, e estou aqui pra contar minha história e minha trajetória profissional junto ao Banco Bamerindus. Em 1967, eu já era funcionário do Banco Agrícola Nacional, com sede na cidade de Birigui/SP, no cargo de inspetor. Nesse mesmo ano, o Banco Bamerindus comprou este banco e passei a assumir o cargo de Gerente Regional.

Logo de início fui encarregado de conduzir o Sr. Avelino, o Sr. Mazini, e o Sr. Fábio para conhecer a cidade de São José do Rio Preto/SP, além das instalações da futura agência do Bamerindus, cujas obras de instalação estavam sob minha coordenação.

Um fato curioso, que abro uns parênteses aqui pra comentar, aconteceu durante esta viagem, quando o Sr. Avelino me pediu para que eu os levasse para tomar uma sopa boa e caseira, que prontamente atendi seu pedido e, posteriormente, ele se simpatizou com a minha pessoa por anos.

Ainda neste ano fui transferido para São Paulo/SP, com o mesmo cargo de Gerente Regional. Trabalhava ao lado do Sr. Manzini, conhecendo cidades do interior de todo o estado de São Paulo, para futuramente instalar mais agências do Banco Bamerindus.

Paralelo a estes projetos, eu também instalei no Banco o Serviço de Malote Rodoviário entre São Paulo e Iguape/SP. Nesse interim fiquei de plantão nas agências do Vale do Ribeira em virtude da presença de guerrilheiros do famoso Capitão Lamarca, que era perseguido pela Policia Militar do Estado de São Paulo.

Participei da instalação das agências de Embu das Artes/SP e fui convidado para inauguração da agência de São José do Rio Preto, cujas implantação e instalação foram desenvolvidas por mim.

Durante os anos posteriores participei de reuniões importantes junto ao Banco Central no estado do Rio de Janeiro, e outras com o Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Após anos de trabalho como Gerente Regional na área administrativa do Banco Bamerindus, fui convidado para ser transferido para Curitiba/PR, porém não aceitei por motivos pessoais. Sendo assim me fizeram nova proposta para o Bamerindus Turismo onde permaneci somente por aproximadamente 90 dias, pois esse departamento foi extinto do Banco, passando assim a trabalhar no Departamento de Ações Imobiliárias.

Veio a mim então nova proposta de transferência para o Rio de Janeiro, em que recusei novamente, pelos mesmos motivos. Colaborei nesse período na Tesouraria do Banco, além do Departamento Jurídico e na Aurora Serviços Gerais.

E finalmente em 1978, pedi minha aposentadoria, encerrando assim minha contribuição para o Banco Bamerindus, porém levando comigo muito aprendizado e principalmente muitos amigos, como o Sr. Nivaldo Mourão, Sr. Paulo Iamaroto e Sr. Gilson Souto. Atualmente mantenho contato com o Sr. Waldemar Brunelo e com o sr. Vicente Fiuza. Acompanho todo mês os trabalhos da Associação por meio da revista que recebo mensalmente e pelo contato telefônico com o Fiuza.

Hoje em dia, desfruto de uma vida tranquila. Tenho uma minha filha casada, médica, que teve 3 filhos, meus netos lindos que me presentearam com 4 bisnetos. Minha rotina é ler, ter o contato constante dos familiares e amigos.

E o mais importante hoje, aos 95 anos, é que sou uma pessoa independente financeiramente, fisicamente e mentalmente. Faço exercício personalizado diariamente com minha fisioterapeuta, a Dra. Patricia Mezadri, que desenvolve um trabalho importante e prazeroso da gestão da minha saúde, priorizando minha independência física e mental, sempre com o objetivo de manter minha vida em equilíbrio para desfrutar tudo que gosto sem preocupação.

Recado aos amigos: “Fui feliz profissionalmente no Banco Bamerindus, vivi bons momentos com amigos e colegas nesta jornada profissional. Cuide da sua saúde, que é seu maior patrimônio, pensando em futuramente ter uma longevidade tranquila com a mente e o corpo sadios”.

Veja outras entrevistas Por Onde Anda:

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460