Por Onde Anda - Ibrahim Fayad

15/10/2018

clique para aumentar
ou diminuir o texto

* Texto publicado originalmente em nosso jornal Fator A, edição 23, de setembro de 2011
Edição: Raphael Ramirez

Nasci e fui criado em Wenceslau Braz (PR), onde aos quatorze anos ingressei no Banco Mercantil e Industrial do Paraná. Comecei a carreira como auxiliar de contínuo. Em 1955 fui promovido a contador seguindo para Guaratuba no litoral do Paraná, depois transferido para Foz do Iguaçu no mesmo cargo. Passando à gerente substituto, começando por Cascavel, seguindo por inúmeras outras agencias no Paraná, São Paulo e Santa Catarina.

Minha primeira gerencia efetiva foi em Santa Cruz do Monte Castelo (norte do Paraná), posteriormente Paranavaí onde fui promovido a Gerente Regional exercendo a função também em Jacarezinho, Londrina e Porto Alegre, onde fui promovido a Diretor para o Rio grande do Sul. Depois para Curitiba, Nordeste com sede em Salvador, retornando ao Paraná onde aposentei em 1985.

No início da carreira as dificuldades eram muitas: tanto para o Banco como para os funcionários, sendo todos muito exigidos e sacrificados. Quando, em Foz do Iguaçu, escrevi uma carta ao Sr. Avelino contando sobre isso e ele retornou anexando um cheque de Cr$ 200,00(duzentos cruzeiros), em suas próprias palavras "como complemento de sua ração alimentar até que as coisas melhorem".

Durante a carreira de Bancário vários fatores foram marcantes, mas o mais relevante foi sem sombra de dúvida o grande numero de amigos que angariamos na nossa jornada tanto entre colegas de trabalho como, clientes e membros das comunidades em que atuamos.

Outro fator é a satisfação de sob a liderança e visão do Sr. Avelino ter contribuído para que muitas pessoas através dos préstimos bancários se tornassem grandes empreendedores e participantes ativos da economia nacional.

No período pós aposentadoria a mudança radical no dia-a-dia foi o que mais senti, mas meus envolvimentos com as questões agrícolas nos levaram a assumir a Cooperativa Agrícola de Cascavel, que na época passava por uma difícil situação. Lá ficando por quase vinte anos. Nesse ínterim também prestei serviços ao governo estadual e federal. Atualmente moro no oeste do Paraná, exercendo, juntamente com a família, atividade agropecuária bastante diversificada.

Dentre os colegas que sintetizam os demais pela importância que tiveram em nossa vida e carreira gostaria de citar os sempre lembrados Dr. Germano Vilhena de Andrade, Cecim Calixto, Mauro Cezimbra (in memorium). Os meus bons amigos Dr.Mathias, Antonio Zanini e Jayme Beckert e todos apabeanos com os quais tivemos o privilégio de conviver.

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460