Div: um filme bem intimista

15/05/2009

clique para aumentar
ou diminuir o texto

Casada há vinte anos, dois filhos e uma profissão um tanto quanto estável. Não parece ser uma vida tranquila? Mas será que não poderia ser ainda melhor? Talvez este seja um dos principais questionamentos do filme Divã, em cartaz em todo o Brasil há um mês. Produção nacional, já é um dos maiores sucessos de bilheteria do ano - bateu a marca de um milhão de espectadores -, a apresenta um elenco de peso: Lilia Cabral, José Mayer, Reynaldo Gianecchini e Cauã Reymond, entre outros artistas.

Cena do filme DivA vida de Mercedes

A história é simples. Mercedes é uma mulher que não tem do que reclamar: é bonita, bem vivida, casada, mãe de dois filhos, sempre próxima a sua melhor amiga Mônica e é muito feliz. Aparentemente a vida dela é perfeita, o que desperta a curiosidade dela mesma em descobrir o porquê de sua vida ser tão completa. É quando Mercedes resolve fazer análise com um psicanalista, Dr. Lopes, para descobrir o motivo de não ver nem a sombra dos problemas.

O que Mercedes não imaginava era que sua vida iria mudar a partir do dia em que ela entrasse naquele consultório. Ao longo de seu tratamento psicológico, Mercedes descobre muitas insatisfações próprias, assim como a necessidade de se conhecer cada vez mais fundo, a vontade de aproveitar cada momento, de realizar sonhos e desejos que não sabia que existia.

Gente como a gente

Mas o que conquista na história é que Mercedes não é uma heroína, ou uma pessoa fraca, triste ou irreal: ela é simplesmente humana. Erra, acerta, magoa, é magoada, é atrapalhada, enfim, é gente como a gente. Por algumas vezes se apaixona, depois sofre por esse amor, mas não desiste de viver e ser feliz.

E o humor com a qual diversas situações são tratadas, como quando Mercedes resolver ir a uma balada, depois de ficar 15 anos sem dançar! Toda a atual situação da sociedade, como separações, filhos de pais separados, trabalho, corpo, namoros com pessoas de diferentes idade, tudo é retratado no longa - e nos identificamos quase o tempo com a personagem central.

Para você que se interessou pelo filme, Divã está em cartaz por todo o Brasil; o diretor do filme é José Alvarenga Jr., que se baseou na peça homônima escrita por Martha Medeiros. É uma comédia nacional com duração de aproximadamente 70 minutos.

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460