você está em: Sade Notcias

Benefcios da praia e da gua do mar

17/01/2018

clique para aumentar
ou diminuir o texto

beneficios-da-praia-e-da-agua-do-marA velha sabedoria de que estar perto do mar é bom para a sua saúde pode ser verdade, sugerem estudos. De acordo com a pesquisa da epidemiologista Lora Fleming – da Universidade de Exeter, na Inglaterra – o tempo passado à beira-mar tem muitos efeitos positivos sobre a saúde e bem-estar.

A noção de que estar perto de uma praia o faz sentir saudável não é nova, é claro. Os médicos prescreviam viagens à praia ou visitas a “hospitais de banho” – clínicas especiais que ofereciam tratamentos com banhos de água do mar – já no século 18.

Mas só recentemente os cientistas começaram a estudar os benefícios do oceano para a saúde experimentalmente, disse Fleming.

Experimentos e pesquisa

Numa experiência, aos participantes do estudo foram mostradas fotografias de vistas sobre o oceano, campos verdes ou cidades, e foi-lhes perguntado quanto eles estavam dispostos a pagar por um quarto de hotel em cada um desses pontos de vista.

As pessoas estavam dispostas a pagar mais por um quarto com vista para o mar, mostraram os resultados. Quando você coloca uma pessoa num ambiente de praia, “não vai haver nenhuma grande surpresa para você que as pessoas relaxem”, disse o pesquisador Mathew White, psicólogo ambiental em Exeter.

White e seus colegas também analisaram dados na Inglaterra, para ver como viver perto de uma costa afeta a saúde das pessoas. Eles descobriram que as pessoas que viviam perto da costa relataram uma melhor saúde.

Efeitos positivos

É possível que as pessoas que vivem mais próximas à costa sejam simplesmente ricos e tenham um melhor acesso aos cuidados de saúde. Mas o estudo descobriu que os benefícios de saúde de proximidade do oceano foram maiores para as comunidades socioeconomicamente carentes.

Os pesquisadores também analisaram o efeito de mover-se para perto da costa. A aproximação do mar “melhora significativamente o bem-estar”, disse White. O ambiente à beira-mar pode reduzir o stress e estimular a atividade física, acrescentou.

Os pesquisadores estão agora a fazer experiências de laboratório para estudar os benefícios fisiológicos da vida costeira. Nas experiências, as pessoas em situações de stress, como a cirurgia dental, olham para uma praia virtual, na sala dental. O julgamento está em andamento, mas os primeiros estudos sugerem que as pessoas relatam sentir menos dor quando imersos num cenário de praia.

Estes estudos sugerem que a exposição do oceano pode ser uma forma útil de terapia, disse Fleming. Por exemplo, o surf pode melhorar o bem-estar das crianças problemáticas, disse ela. Estudos futuros terão de considerar se as crianças e outras populações apresentam os mesmos benefícios da vida costeira, qual a “dose” ideal de tempo gasto no oceano, e quanto tempo os efeitos na saúde se mantêm.

Benefícios da água do mar

Existem outros benefícios concretos que a água salgada proporciona à saúde. A água do mar além de rica em cálcio, ferro, magnésio, sódio, zinco e cobre é também revitalizante, anti-infecciosa, antiestresse, analgésica, bom para o mau humor e depressão. Além disso, o sal é um esfoliante natural e favorece o rejuvenescimento celular.

Regula o metabolismo

A água do mar contém minerais como o iodo, que estimula a tireóide, uma glândula que regula o metabolismo. A necessidade de adaptar-se à mudança de temperatura serve para aumentar o ritmo do metabolismo e tem um efeito muito positivo na circulação do sangue.

Melhora o sistema imunológico e a circulação sanguínea

O número de glóbulos vermelhos – as células que servem para transportar oxigênio a todos os recantos do organismo – aumentam aproximadamente entre 5 a 20% depois de um banho no mar. Ainda em maior proporção aumentam a quantidade de glóbulos brancos, que são as células defensivas encarregadas de lutar contra os agentes infecciosos. Como consequência, o banho de mar é útil para as pessoas com o sistema imunológico debilitado, com anemia ou com níveis altos de açúcar, já que também ajuda a baixar os níveis de açúcar. A água fresca do mar e a posterior adaptação do corpo produzem uma benéfica massagem sobre o sistema circulatório: primeiro o sangue flui para a pele e logo retorna aos órgãos. Isto é muito útil para as pessoas com problemas circulatórios nas pernas. Os que sofrem de hipertensão também acabam por ser beneficiados.

 Bom para pele

Os sais minerais em parceria com o sol regeneram a pele. Em especial devido ao efeito desinfetante do sol e drenante do mar que ajudam a limpar as impurezas. Assim, as úlceras na pele, o lúpus, o acne e, sobretudo, a psoríase são algumas das principais doenças que melhoram substancialmente com a água do mar.

Bom para os pulmões

Quando mergulhamos no mar, expiramos o ar que temos em nossos pulmões. Esse movimento proporciona a limpeza dos brônquios.

Neutraliza as cargas negativas

A ideia de que um mergulho no mar ajuda a renovar as energias não é apenas uma figura de linguagem. Os sais presentes na água ajudam a normalizar as reações bioquímicas do corpo, energizando o organismo.

Bom para os ossos, articulações e musculatura

Para mover-se dentro de água é necessário mais esforço, o que faz com que pessoas com problemas de obesidade possam realizar um exercício físico mais intenso, mas com baixo impacto. O esforço necessário para manter o equilíbrio no vai e vem das ondas também tonifica os músculos. O mar tem também um efeito analgésico, indicado para pessoas com dores e problemas musculares, articulares, vertebrais, reumáticas, circulatórias, pós-traumáticas e pós-cirúrgicas. Está, de fato, comprovado que a água do mar pode abrandar o avanço do reumatismo em longo prazo, sobretudo se o tratamento é acompanhado de uma dieta e hábitos de vida saudáveis. Além disso, a água do mar é rica em magnésio, substância responsável por relaxar a musculatura do corpo. Um mergulho no mar pode ajudar a diminuir o estresse e dormir melhor.

Fonte: site Vida Plena & Bem Estar

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460