você está em: Notcias Saiu na Mdia

Planeje seu cruzeiro e evite surpresas em sua viagem pelos mares

03/02/2015

clique para aumentar
ou diminuir o texto

Muita gente escolhe fazer um cruzeiro, em vez de uma viagem tradicional, graças à praticidade de combinar transporte e hospedagem em um mesmo lugar: o navio. Outro item que seduz os turistas é o sistema all-inclusive, que facilita a rotina da viagem, já que não será preciso tirar a carteira do bolso toda hora - sem contar a (falsa) impressão de que não está sendo cobrado por cada um dos itens consumidos.

Mas não se engane: tudo o que você usufruir ao longo da estadia será pago. E, se por um lado alguns se enganam achando que o Dry Martini faz parte do pacote, outros acabam perdendo serviços que sequer sabiam que já estavam inclusos.

Para não ter surpresas desagradáveis, é necessário planejar bem seu cruzeiro. Por mais atraente que a oferta pareça na hora de fechar a viagem, é importante se informar sobre tudo o que já está ou não incluído, além dos horários e toda a programação.

Organize-se

Seja qual for o seu tipo de cruzeiro, alguns cuidados básicos devem ser tomados: informe-se sobre a documentação exigida para a entrada em cada um dos destinos de parada, mantenha cópia de passaportes e cartões de crédito e evite chegar à cidade do porto de embarque no mesmo dia da viagem de avião. Afinal, se houver um atraso do seu vôo, a parte marítima de sua viagem não será comprometida.

Segundo Danielle Hirsch, da Qualitours, operadora de cruzeiros marítimos e fluviais de luxo, "navios com dois mil ou mais passageiros são como os grandes hotéis de redes: você não deve esperar tratamento diferenciado ou personalizado". Por isso, fique atento a regras como horários de funcionamento dos restaurantes, custos extras com bebidas (que podem encarecer e muito sua conta final) e prazos para as reservas de shows específicos a bordo.

Já nos navios boutique (como são conhecidas as embarcações menores com serviço personalizado), "o foco é a experiência pessoal, a busca por novos destinos e portos menores - pouco visitados ou sem acesso fácil para os grandes navios", segundo definição da Qualitours.

Outras questões para se atentar: verifique os prazos de reservas de serviços especiais, como spas, limitações de bebidas incluídas e não deixe de verificar qual é, realmente, a proposta all-inclusive de cada navio. A maioria das companhias oferece mais de duas opções de pacotes desta modalidade, para personalizar a viagem de acordo com as necessidades de cada turista.

Por último, mas não menos importante: não se esqueça que as tarifas para uso de telefone e internet são extremamente altas. Na medida do possível, desconecte-se e aproveite o tempo de navegação com as opções de entretenimento a bordo.

Fonte: site Uol

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460