Porto Alegre: natureza e modernidade no mesmo lugar

17/02/2009

clique para aumentar
ou diminuir o texto

Uma das capitais mais arborizadas do país. Nao é a toa que Porto Alegre é a sexta porta de entrada de visitantes estrangeiros no Brasil. Desenvolvida, com vários pontos turísticos, natureza e praia: quer mais algum motivo para visitar o Rio Grande do Sul?

 

A capital conta com 1.430.220 habitantes, segundo estimativas do IBGE para 2008. Segundo dados da ONU e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA (2001), Porto Alegre tem o "Melhor Índice de Desenvolvimento Humano" (IDH) entre as metrópoles nacionais. Porto Alegre é a segunda capital brasileira com menor taxa de analfabetos no país (3,45%), e onde a venda de livros é a maior entre as capitais. O IDH de Porto Alegre é de 0,865, a 9ª melhor qualidade de vida do Brasil; a longevidade na cidade é de 70,3 anos para os homens e de 78,6 anos para as mulheres, com uma média de 74,5.

 

Beleza natural

 

Existem programas de arborização e preservação das matas nativas. Muitas das avenidas são arborizadas com tipos específicos de árvores, como por exemplo as paineiras da avenida Icaraí e os guapuruvus na avenida Teresópolis. Também são freqüentes os ipês, as timbaúvas, os jacarandás e os plátanos. A cidade conta com duas áreas de conservação ambiental: o Parque Estadual do Delta do Jacuí e a Reserva Biológica do Lami José Lutzenberger.

 

Com uma linha litorânea de 72 km ao longo do lago Guaíba, Porto Alegre tem uma das mais belas paisagens entre as capitais brasileiras, e seu pôr-do-sol é famoso. O litoral é pontuado por diversos parques, todos muito freqüentados e com equipamentos de lazer e esporte como brinquedos infantis, ciclovias e canchas desportivas, além de extensa área verde. Também pode ser apreciada do lago Guaíba, através de passeios nos barcos Cisne Branco, Noiva do Caí e outros. Saindo de diferentes lugares e com diferentes trajetos ao longo das margens e por entre as ilhas do Delta do Jacuí, os barcos oferecem uma vista pouco usual da cidade. A cidade é rodeada de uma cadeia de 40 morros, dos quais o mais elevado é o Morro Santana, com 311 m de altitude. Alguns deles, como o Morro da Polícia, o Morro do Osso e o Morro Santa Teresa têm acesso fácil e de lá se pode apreciar um panorama de toda a cidade.

 

Cultura do sul

 

Porto Alegre comporta uma grande variedade cultural: a diversos museus, teatros, cinemas, monumentos espalhados pela cidade, mas há uma concentração bem grande na região central.

 

Concentrados na região do centro ou em suas imediações o turista pode fazer mesmo a pé um roteiro de visita aos principais prédios históricos de Porto Alegre, que mostram exemplos de arquitetura desde o barroco colonial até edificações mais recentes em estilo eclético, art nouveau e art déco, bem como alguns bons exemplares modernistas. Merecem uma atenção especial: Catedral Metropolitana de Porto Alegre, Igreja Nossa Senhora das Dores, Igreja de Nossa Senhora da Conceição, Mercado Público de Porto Alegre, Palácio Piratini, Paço Municipal de Porto Alegre, Prédios históricos da UFRGS, Cais Mauá, Solar Lopo Gonçalves e Theatro São Pedro.

 

A culinária gaúcha reúne a gastronomia étnica e típica. Uma opção tradicional é o peixe na taquara, preparado e servido por pescadores da Ilha da Pintada. Outro destaque são as churrascarias que apresentam shows com músicas nativistas e danças folclóricas, como a Vitrine Gaúcha, Zequinha e Galpão Crioulo. Os centros de Tradições Gaúchas (CTGs) recebem com prazer aqueles que desejam conhecer a cultura gaúcha. Porto Alegre possui o maior número de paleontólogos do Rio Grande do Sul. A cidade possui um grande número de museus, tendo a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) como um centro de estudos de paleontologia e ali podemos ver diversos animais do Período Triássico e que viveram no estado. Porto Alegre e seus diversos prédios

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460