Por Onde Anda - Nelson Carlucci

13/11/2017

clique para aumentar
ou diminuir o texto

* Texto publicado originalmente em nosso jornal Fator A, edição 40, de novembro de 2017.

Iniciei em 1953 no Banco Tiete S/A que, em 1958, foi a 1ª aquisição do Sr. Avelino para o Bamerindus. Assumiu a Presidência o saudoso Paulo Rodrigues Simões e promoveu-me a contador. Só havia uma agência. A amizade e o profissionalismo que havia fazia com que viajássemos aos domingos visitando cidades do interior para abertura de agências pioneiras. Aos poucos, começaram a chegar paranaenses com os quais fizemos grandes amizades: Bráulio Tocalino, Amim Salomão, Jair Louzano, Antônio Ferreira Neto e o saudoso Otorino Marini.
 
Trabalhei sempre em São Paulo. Quando da fusão de cada estado dos Bamerindus, organizei as filiais do Banco de Investimento e da Financeira, bem como da Distribuidora de Valores, e assumi a direção da Corretora de Valores.

Grandes amizades em Curitiba, os saudosos Edgar G. Kleinke, Augusto Gonçalves, Argemiro Wotroba Jr., os Diretores Sr. Avelino, Edison, Jair Mocelin, Estanislau e José Eduardo. Contatos pessoais mesmo eram possíveis só no almoço anual aqui, em outubro.

Aposentei em 1979 e trabalhei na corretora até 1981; fui comerciante algum tempo, parei profissionalmente, porém, passei a colaborar com entidades em obras assistenciais, o que faço até hoje.

Acompanho os trabalhos da Apabam pelo computador, ou tudo que me chega às mãos para leitura e fico feliz em ver como defendem nossos direitos. Conclamo a todos apabeanos a prestigiarem nossa entidade, pois ela é nossa única arma em defesa dos nossos direitos.

Veja outras entrevistas Por Onde Anda:

Augusto Gonçalves
Basílio Villani
Enézio Bernardi
Paulo Martins dos Santos

Cadastre seu email e receba nosso informativo

Voluntários da Pátria, 475 22ºandar | sala 2211 | 80020-926 | Fones: (41) 3232 4821 |  (41) 3521 5460